O criador do projeto preferiu usar bambu pressionado a vapor, que propicia uma estética diversificada, além de substituir o plástico

ecomotoO estudante de desenho industrial da Universidade RMIT, Dabrby Bicheno, criou um projeto de scooter que pode utilizar energia renovável.

Usando um motor que tem demonstrado ser capaz de alimentar um dirtbike , Bicheno conseguiu dar um toque de ecologia e utilidade no protótipo de sua scooter, que não precisa de gasolina para funcionar.

“Meu foco principal no projeto é o de oferecer soluções ambientalmente conscientes para problemas. Ao equipar uma scooter com um motor alimentado por ar, no entanto, resolveria todas as questões de emissões de gases, que ainda desempenham um grande papel na poluição urbana, contribuindo especialmente para as fumaças e o mau cheiro”, afirma o estudante na parte escrita de seu projeto. Bicheno explica ainda como seria viável o recarregamento da motocicleta: “Postos de gasolina em todo o mundo já têm condições de serem adaptados para compartimentos de ar em seus tanques subterrâneos.”

Além de todos esses benefícios ofertados pelo conceito do motor, o estudante não economizou na hora de pensar no design da scooter: ele preferiu usar bambu pressionado a vapor, que propicia uma estética diversificada, além de substituir o plástico. Apesar de o projeto ainda não ter saído do papel, Darby Bicheno se mostra entusiasmado com a repercussão de sua criação.

Fonte: CI Florestas