A 12ª edição da feira está programada para ocorrer entre 16 a 20 de março do próximo ano

Edição de 2013 da Fimma
Edição de 2013 da Fimma

A Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira (Fimma Brasil), considerada uma das mais expressivas em seu segmento, promovida no município gaúcho de Bento Gonçalves a cada dois anos, projeta para edição de 2015 a geração de negócios superior a US$ 300 milhões.

A 12ª edição da feira, que está programada para ocorrer entre 16 a 20 de março do próximo ano, receberá mais de 600 marcas expositoras nacionais e internacionais e previsão de 40 mil visitantes profissionais, vindos dos mais diversos países, que estarão reunidos em estandes espalhados pelo Parque de Eventos da cidade.

O presidente da Fimma Brasil, Volmir Dias, diz que o evento está consolidado no cenário moveleiro por dois motivos principais. O primeiro são as oportunidades de negócios que oferece aos participantes, colocando indústrias e fornecedores em contato direto, favorecendo a construção de importantes alianças. O segundo é a inovação. Cada expositor traz, para o Parque de Eventos de Bento Gonçalves, lançamentos cuidadosamente desenvolvidos com o objetivo de surpreender positivamente o setor, pois sabe que seus produtos estarão em uma das mais representativas vitrines do segmento moveleiro. São eles, portanto, os grandes autores das novidades exibidas a cada edição. O papel da Fimma é, além de exibir essas inovações, o de gerar as melhores condições para que elas resultem na concretização de negócios.

A Fimma Brasil favorece a expansão dos negócios internacionais, colocando seus expositores em contato direto com importadores durante as rodadas do Projeto Comprador com reuniões pré-agendadas por foco de interesse. A estimativa é de ocorram mais de 400 rodadas de negócios, agendadas previamente, envolvendo 20 compradores de países como África do Sul, Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Estados Unidos, México, Peru, Guatemala e Turquia.

Já o Prêmio Inovação evidencia aquele que é um dos principais diferenciais da cadeia produtiva do setor: a capacidade de gerar novidades. O concurso destaca lançamentos em Acessórios; Ferramentas e dispositivos; Máquinas; Matérias-primas; Tecnologias de informação e Sistema de armazenagem, embalagem e logística. É oportunidade ímpar de divulgar o potencial criativo de empresas e profissionais do setor. É importante lembrar que as inscrições estão abertas e vão até o mês de dezembro.

Destaque também para o Fimma Marceneiro, que incentiva o desenvolvimento das micro e pequenas empresas, oferecendo atividades direcionadas ao acesso a informações e novidades em máquinas, matérias-primas e acessórios para móveis, bem como aproxima os profissionais das fontes geradoras de conhecimento do setor. Nos dias 18 e 19 de março, haverá programação específica com troca de informações e visita orientada à feira.

Todos esses projetos ganham visibilidade através do Projeto Imagem, cujo objetivo é expandir a repercussão da feira junto aos veículos de comunicação. Para tanto, formadores de opinião e profissionais da imprensa internacional são convidados a visitar a feira para divulgá-la – e também as novidades trazidas pelos expositores. O projeto, em sua sexta edição, é realizado com apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) através do Projeto Orchestra Brasil.

Fonte: Jornal do Comércio