BRS Ponteio produz 35 toneladas de pasto verde, 10 toneladas de matéria seca e só precisa de 20 a 25 quilos de semente por hectare

O azevém é um tipo de pasto muito comum utilizado pelos produtores brasileiros. No entanto, a maioria das sementes vem de origem desconhecida e não são cultivadas de forma correta. A Embrapa Clima Temperado acabou de lançar no mercado a BRS Ponteio, uma nova cultivar de azevém, que além de apresentar ótima qualidade no pasto garante a pastagem até novembro.

A grande novidade é a certificação da semente. A BRS ponteio pode ser plantada de março a maio, apresenta 35 toneladas de pasto verde por hectare, o que equivale a quase 10 toneladas de matéria seca. Além disso, o produtor evita o desperdício porque não precisa plantar uma quantidade exagerada de sementes, bastam 20 a 25 quilos por hectare.

— Essa menor quantidade de sementes por hectare é principalmente pelo fato das sementes virem com boa germinação. O azevém vem sido comercializado como uma variedade sem dono e sobrenome, onde ninguém se responsabiliza pela qualidade física e fisiológica dessa semente.  Então, ela vinha com misturas e com uma série de problemas que gerava baixa germinação e baixo vigor. Com a BRS Ponteio, pelo controle que a gente tem na produção de sementes, seguimos a recomendação original de 20 a 25 quilos de semente por hectare. Se chegava a botar o dobro ou mais em outras variedades por essa baixa qualidade de semente — explica a pesquisadora  Andréa Mittelmann, da Embrapa Clima Temperado.

As sementes de BRS Ponteio já estão disponíveis para os produtores de toda a Região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) e pode ser utilizada também por alguns produtores do Estado de São Paulo e Minas Gerais.

— A gente divulga uma listagem dos produtores licenciados para a produção no site da Embrapa Clima Temperado e no site da Embrapa Gado de Leite, que são as duas unidades da Embrapa que desenvolveram a cultivar. O interessado pode entrar em contato por telefone e por e-mail para fazer essa encomenda. O plantio pode ser feito até maio, mas é interessante que ocorra o mais cedo possível para ficar por mais tempo no pasto — recomenda a pesquisador.

Para mais informações, os interessados devem entrar em contato com a Embrapa Clima Temperado pelo telefone (53) 3275-8100.

Fonte: Dia de Campo