Atuais árvores foram plantadas há mais de 20 anos na cidade.

Segundo prefeitura, proposta tem apoio de 93% dos moradores ouvidos.
Segundo prefeitura, proposta tem apoio de 93% dos moradores ouvidos.

Um projeto da Prefeitura de Pouso Alegre (MG) prevê a retirada de mais de 100 árvores da Avenida Doutor João Beraldo, no Centro da cidade. Segundo a administração, a medida vai melhorar as condições da via, uma vez que as raízes das árvores afetariam a galeria pluvial que passa pela área e os galhos estão atingindo a rede de energia elétrica. Mas nem todo mundo concorda com esse argumento.

“Para se matar uma árvore, mesmo que seja para colocar outra no lugar, é preciso que ela apresente realmente um risco”, diz a engenheira ambiental Marielle Rezende de Andrade.

Segundo a prefeitura, as árvores, plantadas há cerca de 20 anos, serão substituídas por palmeiras imperiais nos canteiros centrais e por manacás da serra nas calçadas. Uma enquete feita pela administração junto a 71 moradores teria apontado a aprovação de 93% dos ouvidos.

“As palmeiras dão uma imponência para a avenida e facilitam a manutenção”, explica a gerente de projetos urbanísticos do município, Sandra Maria Coutinho.

Para o gerente de um hotel que está na avenida, a retirada das atuais árvores vai oferecer maior segurança. “Dia 31 de dezembro [de 2014] teve uma chuva e caíram muitos galhos de árvores como essa na frente do hotel. Elas oferecem um certo risco com certeza.”

A proposta de substituição das plantas na Avenida Doutor João Beraldo foi aprovada pelo Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente no dia 7 de julho. A prefeitura não informou qual a estimativa de custo para o projeto nem o prazo para o início dos trabalhos.

Fonte: G1