As exportações brasileiras do agronegócio atingiram novo recorde, segundo dados doMinistério da Agricultura divulgados nesta sexta-feira (9). O setor somou vendas ao exterior de US$ 87,57 bilhões de janeiro a novembro, resultado 24,4% acima do registrado no mesmo período de 2010 e superior à meta prevista para o ano, que era de US$ 85 bilhões.

Em nota, o Ministério da Agricultura diz que a expansão se deve, principalmente, à elevação do preço médio de exportação, que subiu em todos os principais setores exportadores do agronegócio.

A quantidade exportada teve elevação em somente dois dos cinco principais setores: complexo soja (+8,0%) e café (+1,4%). Isso coloca o complexo soja como principal setor das exportações, com US$ 22,95 bilhões e elevação de 38,9% no ano.

Álcool e açúcar
Em segundo lugar nas receitas está o complexo sucroalcooleiro, com registro de vendas de US$ 14,99 (+18,9%). As carnes continuaram na terceira posição dentre os principais setores exportadores, totalizando US$ 14,35 bilhões (+14,8%). Em quarto lugar, os produtos florestais, com vendas de US$ 8,82 bilhões ou 5% acima do registrado de janeiro a novembro de 2010. O café aparece na quinta posição, com valor exportado de US$ 7,89 bilhões (+55,7%).

Regiões
Também foi registrado crescimento no valor exportado para os principais blocos econômicos, entre janeiro e novembro de 2011: África (+42,1%); Oceania (+49,6%); Europa Ocidental (+33,2%); Ásia (+31,1%), Nafta (+22,5%), Mercosul (+19,9%) e União Europeia (+18,1%).

Quanto aos países, entre janeiro e novembro de 2011 houve aumento das exportações para a maioria dos vinte principais destinos importadores dos produtos brasileiros, em relação ao mesmo período em 2010. Destacaram-se entre os principais mercados, em valores, Argélia (+74,6%), Japão (+49,6%), China (+45,6%) e Espanha (+40,6).

 

Fonte: Agencia Estado